O EMBLEMA, A MEDALHA E O COLAR ACADÊMICOS

O emblema da Academia acha-se representado pela figura da Vitória de Samotrácia e pelo bastão de Asclépio, tendo ao redor o nome da Academia.

 

A medalha do acadêmico exibe em relevo no anverso a figura da Vitória de Samotrácia, tendo ao fundo o símbolo da Medicina. No exergo está a designação Academia Brasileira de Medicina de Reabilitação. No verso, estão a data de fundação e a frase grega
“A vida é breve, o aprendizado é longo”.

(O BIOS BRAQYS E DE TEQNE MAKRE)

 

O Colar acadêmico é constituído por quatro bastões de Asclépio e elos retangulares curvos.
É adquirido pelo Acadêmico após sua eleição.

Detalhes do colar acadêmico

   

O Emblema de lapela

A Vitória de Samotrácia é um mármore grego de uma mulher alada do século III aC. encontrado em 1874 na ilha de Samotrácia, hoje guardada no Museu do Louvre, comemorativo da vitória da esquadra grega sobre a esquadra egípcia e adotado para significar a vitória do mais fraco contra o mais forte, ou seja, a vitória da pessoa humana contra a adversidade da deficiência.